https://public-rf-upload.minhawebradio.net/210514/slider/94d333350207305fdf55477c44033ae6.jpg
https://public-rf-upload.minhawebradio.net/210514/slider/be16933f25dab31b43d7898c19e6c07e.jpeg
Assembleia Municipal de Lisboa rejeita proposta da câmara para rever contratos com SRU
20/07/2022 08:10 em Freguesia de Benfica

O presidente da Junta de Freguesia de Benfica, Ricardo Marques, votou ontem contra o orçamento retificativo da SRU -Sociedade de Reabilitação Urbana, empresa municipal de obras de Lisboa. Em causa está a não inclusão do investimento necessário para a conclusão da obra do centro intergeracional das garridas, em Benfica, explica Ricardo Marques na sua página na rede social Facebook. 

Segundo o autarca, esta obra que agora fica fora do orçamento da SRU, compreende um lar de idosos, uma creche e um centro de dia.

Ontem, terça-feira, ao final do dia, em assembleia municipal, o executivo camarário apresentou a votação a proposta de revisão dos contratos da Sociedade de Reabilitação Urbana, proposta que acabou por ser rejeitada com os votos contra do BE, PEV, PCP, Livre, Chega e o presidente da Junta de Freguesia de Benfica, Ricardo Marques (PS), com a abstenção do PS, PSD, PAN, IL, PPM e dois deputados independentes eleitos pela coligação PS/Livre e com os votos a favor do CDS-PP, MPT e Aliança.

A rejeição da proposta por parte do PSD, partido da coligação Nova Lisboa que foi sufragado para a câmara da capital portuguesa, deve-se ao repudio pela continuação do modelo de gestão da SRU, afirmando o líder do grupo municipal do PSD, Luis Newton, não ser um modelo de gestão viável e defendendo que é preciso fazer regressar à camara municipal um conjunto de competências que estavam previstas no âmbito da organização desta empresa municipal.

Já pelo lado do presidente da junta de freguesia de Benfica, a rejeição da proposta apresentada explica-se por uma tomada de decisão do executivo camarário de Lisboa “sem diálogo prévio com a junta de Benfica, desconsiderando a necessidade e expectativa dos moradores de Benfica", sublinha Ricardo Marques na nota que tornou publica na internet.

Ricardo Marques adianta, ainda, que vai solicitar uma reunião de emergência com a administração da SRU e com a Câmara Municipal de Lisboa de modo a reintegrar no novo orçamento a continuidade deste projeto há muito desejado pela população de Benfica.”

 

Rádio Amparo/ Lusa 

COMENTÁRIOS